A Instituição Solares Casa de Repouso foi objeto de destaque em algumas revistas especializadas na área de saúde.

As matérias basicamente fazem um estudo comparativo acerca do AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA x QUEDA NA TAXA DE FECUNDIDADE.

Os citados estudos demonstram que em menos de 40 anos, 30% de nossa população será formada por idosos, na sequência destaca a importância das instituições de longa permanência para idosos, utilizando a SOLARES como paradigma.

Fundada há seis anos pela Doutoranda em Biotecnologia pela UFES, Mestre em Ciências Fisiologias pela UFES e especialista em Neurologia pela UNICAMP, a Fisioterapeuta Dra. Rafaella Papalino Lopes Magnago e, por sua mãe, gestora da instituição Sra. Maria da Consolação Papalino, juntaram suas forças (técnica + carinho) e criaram a Instituição, sendo as responsáveis pela transformação da Casa de Repouso Solares em um ambiente familiar, sem, contudo, perder o tecnicismo necessário ao desenvolvimento das tarefas.

Trata-se de um dos pontos fortes que fazem da instituição referência e destaque no Estado do Espírito Santo.

A Dra. Rafaella Papalino, conta que: “Após dedicar alguns anos de trabalho para outras instituições que atendiam idosos, resolvi abrir uma instituição que fosse diferente e que não tivesse cara de clínica e nem de asilo, mas sim como uma casa do vovô e da vovó”

A Dra. Rafaella Papalino, comenta, ainda, que possui uma equipe de profissionais altamente capacitados, aptos ao desenvolvimento de atividades diárias para os utentes, estas tarefas envolvem: atividades físicas, manuais, recreações em grupo e jogos para reabilitação da memória dos idosos, dentre outras.

 

Leia a notícia na íntegra nas imagens contidas neste post.

 

01

02

 

 

03